quarta-feira, maio 18, 2022

A Blizzard anunciou que há mais de um mês está trabalhando para retirar de World of Warcraft conteúdos que “não envelheceram bem”. Seriam, por exemplo, referências explícitas a ex-funcionários da companhia em litígio na justiça e outras mudanças como diálogos que revelam preconceitos.

A repercussão sobre as mudanças foi mista entre o público. Alguns acharam as alterações pertinentes, mas outros acreditam que a empresa poderia, ao invés de fazer esse esforço, mudar a cultura corporativa como um todo.

“Por outro lado, existem pessoas que acreditam que a empresa esteja fazendo isso para mascarar o real problema”, disse Ion Hazzikostas, diretor do WOW. Ele completou afirmando que essa é mais uma medida de enfrentamento aos problemas culturais da companhia.

Motivação para as mudanças

Hazzikostas afirmou em entrevistas que a equipe de World of Warcraft está fazendo sua parte para mudar a cultura empresarial.

“Enquanto estamos desenvolvendo nossos processos de gerenciamento para compartilhar feedbacks com nosso time; enquanto estamos melhorando nossas políticas de recrutamento e seleção e construindo um time mais diverso, também vamos olhar para o conteúdo do jogo”, explicou, por fim, o diretor.

++ Leia também: NEON GENESIS EVANGELION É O MELHOR ANIME DE TODOS OS TEMPOS?

A motivação para a alteração, portanto, reflete a vontade de tornar um conteúdo um produto mais integrado com a nova equipe de World of Warcraft. Isso com a amplitude cultural das vozes que estão presentes no desenvolvimento do jogo e dos diversos jogadores usuários pelo game.

Frases presentes no jogo como, por exemplo, que tiram sarro dos Blood Elves por serem femininos serão cortadas. “Isso não cai bem em 2021”, disse Hazzikostas. O novo conteúdo será revisado por uma comissão cujo objetivo é avaliar se as passagens refletem a diversidade do time presente hoje na Blizzard.

Blizzard_Ion Hazzikostas
Fonte: Gamereactor – (Ion Hazzikostas)

Comportamentos tóxicos

Além disso, a Blizzard está buscando novas alternativas para acabar com comportamentos tóxicos dos jogadores do MMORPG. Para isso, portanto, ela busca desenvolver algoritmos para pegar comportamentos ruins dentro do game

Em geral, o WOW tem um sistema de “report” bem avaliado quando se trata do chat geral. Há, contudo, problemas de assédio em nível de chat privado que precisam ser resolvidos.

++ Leia também: NOVO TRAILER DO FILME MORBIUS DA MARVEL; CONHEÇA O PERSONAGEM

Denúncias contra a Blizzard

A Blizzard passa por mudanças de lideranças depois de uma série de processos sofridos por conta de assédios morais e outras denúncias. O fato ocorreu em julho e gerou a demissão do diretor da empresa J. Allen Brack, o diretor de Diablo 4, Luis Barriga e outros funcionários de alto escalão.

A diretora foi substituída por Jen Oneal e Mike Ybarra. Depois de apenas três meses, Oneal deixou o cargo, restando Ybarra somente na direção da empresa. A empresa, logo, passa por uma série de mudanças que envolvem até o corte de salário do CEO.

Ademais, o evento BlizzCon foi cancelado. “Neste momento, sentimos que a energia necessária para fazer um show como esse será mais bem direcionada para apoiar nossas equipes e progredir no desenvolvimento de nossos jogos e experiências”, anunciou a empresa se referindo ao cancelamento do evento.

Anúncio: Mapa da Masmorra
Tags: , , , ,

newsletter

Seja o primeiro a ficar sabendo das melhores novidades diretamente em seu email

QUEREMOS VOCÊ